Início

Inspirali sugere quais serão as futuras especialidades médicas

13/07/2023

O ano de 2023 vem mostrando como as empresas estão se readequando a um cenário mais tecnológico e dinâmico. O movimento que iniciou com a pandemia de Coronavirus e transformou para sempre os ambientes de trabalho, mostra uma nova realidade: mais veloz e conectada. Mas, em meio a tantas mudanças, quais serão as características do médico de hoje e do futuro?

Para compreender o “Perfil Médico para Educação Continuada”, a Inspirali, que faz parte da Ânima Educação, desenvolveu uma pesquisa com 717 profissionais da área. Acompanhando o ritmo dos novos tempos, as perguntas foram feitas por meio de um questionário virtual, que contribuiu para compreender a realidade deste segmento. O levantamento foi feito no último bimestre de 2022 e, agora, as principais conclusões relacionadas às escolhas por cursos de especialização serão apresentadas, de forma resumida:

 

Qual é o perfil dos médicos que participaram desta enquete?

A maioria (ou 59%) das pessoas que responderam à pesquisa da Inspirali é formada por médicos especialistas, com mais de 15 anos de formação. Destes, a metade veio de faculdades ou universidades públicas.

 

Onde trabalham?

Grande parte (ou 44%) dos participantes trabalha tanto no setor público quanto no privado. Do total, 57% atua em consultório particular e, a metade, em hospitais públicos e privados.

 

Quais foram as principais especializações escolhidas?

Segundo a enquete, Cirurgia, Clínica Médica e Pediatria foram as especializações mais escolhidas, o que corresponde a uma tendência nacional. Justamente, são estas três modalidades que lideram o ranking do Censo Médico 2020.

 

O que diz o Censo Médico sobre as escolhas por gêneros?

Fazendo outro paralelo bem interessante com o levantamento brasileiro, é possível observar que as especialidades têm grande relação com o gênero dos profissionais. Por exemplo, conforme o Censo, o público feminino é maioria entre os que optaram em se especializar em Pediatria (74%) e Clínica Médica (53%). Em contrapartida, os homens ocupam os centros cirúrgicos, pois são mais numerosos na Cirurgia Geral (78%). Aliás, outra curiosidade indica que os médicos especialistas estão concentrados na Região Sudeste do país, independente da especialidade escolhida.

 

Retomando a pesquisa realizada pela Inspirali, saiba quais serão as especialidades médicas mais procuradas no futuro:

As especialidades mais procuradas entre quem pretende se especializar no futuro são Clínica Médica (18%) e Ginecologia e Obstetrícia (13%). Ambas são seguidas de perto por outras duas opções bem promissoras: Cardiologia e Psiquiatria, que empataram em 11% da preferência.

Ainda de acordo com o levantamento da Inspirali, a maioria dos médicos generalistas já está se especializando (37%) ou pretende (37%), no futuro. Entre os que estão estudando, a maioria expressiva (90%) pretende tirar o título ao final de sua especialização.

E você, já se decidiu? Pretende iniciar quando o seu curso de especialização? Gostou das dicas e tendências apresentadas? Saiba que a enquete da Inspirali trouxe outros resultados valiosos, que serão apresentados, gradualmente, em novos conteúdos postados aqui no blog. Portanto, acompanhe e compartilhe! Invista em sua carreira médica!

Guilherme Soarez aborda os desafios das IES na preparação dos alunos de Medicina, no ExpertCast 

16/04/2024

Preocupante projeção de aumento dos casos de câncer

15/04/2024
Scroll to Top