Início

Workshop de Competências Digitais auxilia docentes na área de IA

07/03/2024

Manter o corpo docente na vanguarda da tecnologia, introduzir a Inteligência Artificial (IA) no cotidiano da sala de aula, auxiliar na desmistificação de alguns preconceitos em relação a essa nova tecnologia e formar docentes líderes digitais, são alguns dos objetivos do “Workshop de Competências Digitais e Inteligência Artificial”, que ocorreu no dia 08 de fevereiro de forma remota síncrona via Teams, por meio da Plataforma de Formação Docente da Inspirali. A formação contou com a participação de 87 educadores, com o uso das ferramentas pensadas pela equipe da MedRoom e da Diretoria de Experiência Digital.

O próximo encontro vai ser realizado no dia 20 de março (quarta-feira), das 18h30min às 21h30min. “Será uma nova oportunidade para quem não pode participar da primeira edição”, avalia o especialista acadêmico da Diretoria de Experiência Digital da Inspirali, Daniel Spindola.

Entenda mais sobre a formação:

O que foi apresentado na formação?

“Durante o workshop foi possível apresentar conceitos, cenários de uso e mostrar como os docentes podem aplicar a Inteligência Artificial (IA) eticamente dentro do ensino. Tudo isso aliado ao desenvolvimento de competências digitais”, esclarece Spindola.

De que forma a IA integra o currículo da Inspirali?

O Workshop faz parte do plano para a introdução dessa tecnologia no currículo da Medicina. Tudo começou com um estudo cuidadoso acerca de como a IA pode impactar a carreira médica e a partir disso criamos uma estratégia de como inserir a ferramenta no currículo integrado da Inspirali, fazendo com que ela passasse a fazer parte do dia a dia de estudantes e educadores. O segundo passo foi garantir que os docentes estivessem preparados para essa nova realidade, daí a oferta do workshop e durante a semana de Formação Docente da Inspirali, , explica a Diretora de Experiência Digital da Inspirali, Vivian Alessandra Silva.

Qual é a importância do encontro?

Conforme Spindola, o Workshop é importante por contribuir com a introdução da IA no cotidiano e para a desmistificação dessa nova tecnologia. Além de possibilitar o desenvolvimento de competências digitais em docentes e, consequentemente, nos estudantes.

Qual é a maior vantagem para os alunos da Inspirali?

“Uma vez que o corpo docente entende e se sente confiante em utilizar a IA como ferramenta de aprendizagem, os estudantes se sentem motivados para também fazê-lo”, analisa. “A IA já é uma realidade para os estudantes, dessa forma o professor pode desempenhar o papel de direcioná-los às melhores práticas de sua utilização, contribuindo ainda mais para o desenvolvimento das competências digitais dos acadêmicos”, finaliza Daniel Spindola.

Enriquecedor

Para Gioconda Emanuella Diniz de Dantas Moura, participar do workshop sobre Competências Digitais e Inteligência Artificial (IA) foi uma experiência enriquecedora.
“Durante o evento, pude explorar os conceitos fundamentais da IA e sua relevância na formação de novos profissionais médicos”, observa a do curso de Medicina da Universidade Anhembi Morumbi.

Aplicação prática

“Um destaque positivo do encontro, foi a abordagem dinâmica adotada na condução das atividades. Por meio de breves interações e discussões entre os participantes, adquirimos o entendimento proposto e tivemos a oportunidade de aplicá-lo na prática”, destaca Gioconda.

Rotina pedagógica

“O compartilhamento de experiências com ferramentas que utilizam IA foi bastante instrutivo e trouxe clareza sobre como integrar esses recursos de maneira eficaz em nossa rotina pedagógica. Isso sempre considerando a necessidade de supervisão constante desta ferramenta, que, embora tenha uma tecnologia poderosa, ainda é suscetível a erros”, pondera a professora.

Mundo cada vez mais digital

“Após o workshop, fiquei ainda mais convencida de que a IA é uma tecnologia inovadora que veio para revolucionar o nosso modo de trabalhar e aprender. Como agentes formadores, é importante estarmos preparados para adaptar nossas práticas educacionais em consonância com essas mudanças e capacitar nossos estudantes para um mundo cada vez mais digital e tecnológico”, argumenta Gioconda Moura.

De acordo com Victor Hugo G. de Novais, gerente de tecnologias emergentes da MedRoom, o workshop de IA para formação docente foi uma experiência enriquecedora. “A abordagem da MedRoom vai além do desenvolvimento de ferramentas, garantindo que os participantes compreendam sua total potencialidade. Isso nos permite capacitar os docentes em competências digitais, preparando-os para explorar quaisquer tecnologias emergentes que possam auxiliar no dia a dia da sala de aula”, ressalta.

Dicas de filmes para quem sonha em estudar Medicina 

19/04/2024

Navio da Saúde: estudantes de medicina retomam atendimento e iniciam processo de territorialização em comunidades à beira do Rio Tapajós, no Pará

17/04/2024
Scroll to Top