Início

Descongestionantes nasais podem causar dependência?

07/02/2024

Você sabia que o uso indiscriminado de descongestionantes para aliviar a obstrução nasal, conhecida como nariz entupido, pode trazer riscos sérios à saúde, como doenças cardiovasculares? O alerta é do médico otorrinolaringologista e professor de Medicina da Universidade Salvador (UNIFACS), integrante da Inspirali, Dr. Helissandro Coelho. “Entre os problemas que podemos citar, os mais evidentes são o efeito rebote, ou seja, a piora da obstrução, rinite medicamentosa, dependência, aumento da pressão arterial, arritmias cardíacas e até infarto”, esclarece. 

Mas o que fazer em caso de obstrução nasal intensa? 

A obstrução nasal costuma dar sinais quando há mudanças de temperatura, em dias de muita umidade e em caso de gripes, resfriados, rinites alérgicas, desvios do septo nasal e adenoide. O Dr. Helissandro Coelho diz que, os sinais mais intensos, que duram mais de duas semanas, devem ser investigados por um otorrinolaringologista.  

Quais são os sintomas mais críticos? 

“O paciente deve ficar atento quando a obstrução for unilateral e persistente, acompanhada de dor, secreção nasal ou sangramentos. Nesses casos, ele deve procurar ajuda médica. Outros sintomas, como febre, perda de peso, cefaleia ou alterações visuais também merecem atenção especial”, destaca o professor da UNIFACS.  

Como aliviar a obstrução nasal? 

Para quem está sofrendo com a obstrução, técnicas simples, como lavar as narinas com soro fisiológico e aumentar a umidade do ambiente, podem ajudar no alívio dos sintomas. Além disso, o especialista alerta que nenhum medicamento, incluindo os descongestionantes nasais, deve ser utilizado sem uma orientação médica. 

Como evitar a dependência? 

Sobre o quadro de dependência, Dr. Helissandro Coelho explica que isso acontece porque o indivíduo acaba se acostumando com o efeito da desobstrução nasal, levando-o a entrar em um círculo vicioso, difícil de sair sem a ajuda de um médico especialista. “Muita gente desconhece que, após findado o efeito do medicamento, ocorre um aumento do edema da mucosa nasal, com piora da obstrução, levando o paciente a usar novamente o descongestionante”, destaca. 

 

 

Dicas de filmes para quem sonha em estudar Medicina 

19/04/2024

Navio da Saúde: estudantes de medicina retomam atendimento e iniciam processo de territorialização em comunidades à beira do Rio Tapajós, no Pará

17/04/2024
Scroll to Top