Início

Pós-graduação em endoscopia digestiva: como começar a atuar na área?

07/06/2022

Saiba tudo sobre a especialização em endoscopia digestiva e prepare-se para esse ramo!

O mercado continua com uma alta demanda por profissionais bem especializados, sobretudo, no que diz respeito a médicos que realizem procedimentos muito requisitados na rotina. Pensando nisso, preparamos este conteúdo falando sobre a pós-graduação em Endoscopia Digestiva. E mostrando como o médico pode começar a atuar na área.

Trata-se de um exame relativamente simples, mas que conta com uma infinidade de aplicações clínicas. Ajuda a promover mais segurança para um leque imenso de possibilidades diagnósticas, levando a traçar condutas mais certeiras e oferecer tratamentos adequados. Continue sua leitura e aprenda mais sobre o assunto!

Afinal, o que é endoscopia digestiva?

De forma resumida, a endoscopia digestiva é um tipo de exame, cujo intuito principal é o de analisar determinadas estruturas do corpo humano, como o esôfago, o estômago e até o duodeno, primeira fração do intestino delgado. Com isso, pode ser diagnosticada uma série de doenças crônicas e condições agudas.

O procedimento é feito por meio de um tubo flexível, chamado de endoscópio, com uma pequena câmera acoplada, responsável por capturar as imagens, vistas pelo médico em uma tela. É notadamente útil, por exemplo, para a visualização de tumores, gastrite, esofagite, sangramentos, hérnia de hiato e a presença da bactéria H. pylori.

Como é feito o exame de endoscopia digestiva?

A preparação para a endoscopia digestiva é relativamente simples, mas é recomendável um tempo de jejum, que constará nas orientações médicas, mas que costuma ser de oito horas. Esse período é essencial para facilitar a visualização do revestimento do tubo digestivo superior. Dependendo do caso, também pode ser feita uma sedação, para deixar o paciente mais confortável durante o procedimento.

Depois, o endoscópio é gentilmente inserido pela boca, seguindo as curvaturas naturais do trato digestório da pessoa, uma vez que é um tubo flexível e adaptável. Também costuma ser colocado um protetor bucal, para impedir que a pessoa morda o aparelho. As imagens captadas são transmitidas para uma tela, permitindo uma análise em tempo real.

Para que serve a endoscopia digestiva?

A endoscopia digestiva serve para avaliar as mucosas do esôfago, do estômago e do duodeno. No entanto, o que muita gente não sabe é que tais regiões do organismo humano concentram uma série de condições e afecções bastante relevantes, que precisam ser abordadas em muitos casos.

Entre os sintomas que podem demonstrar a necessidade do exame, muitos são facilmente identificados pelo generalista, que pode solicitar o procedimento. Podemos ressaltar, por exemplo, falta de apetite, náuseas, dificuldade de engolir alimentos, perda de peso repentina, azia, sensação de corpo estranho na garganta e assim por diante.

Quem pode fazer a pós-graduação em Endoscopia Digestiva?

Fazer uma especialização em Endoscopia Digestiva é uma opção que vem ganhando muito espaço nos últimos anos, e que pode servir como um excelente diferencial no mercado de trabalho. Por isso, a pós-graduação é recomendada para profissionais que desejam dar um salto na carreira e ganhar competitividade nesse campo.

Para isso, é preciso ser um médico com registro ativo no Conselho Regional de Medicina (CRM). Também é exigido ter cursado uma das seguintes especialidades: Gastroenterologia, Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia, Cirurgia Geral ou Clínica Médica. O curso é uma oportunidade de complementar a formação, aprendendo um procedimento de grande valia.

Como funciona uma pós-graduação em Endoscopia Digestiva?

Uma pós-graduação em Endoscopia Digestiva funciona de acordo com as regras, características e conteúdo programático da instituição que está oferecendo o curso. Por isso mesmo, é sempre recomendável fazer uma pesquisa de mercado e descobrir o que esse diploma pode oferecer para sua carreira profissional.

No entanto, como é uma especialização no exame, o foco é otimizar os conhecimentos a respeito do procedimento, para que seja realizado com o máximo de proficiência e segurança. Além disso, é possível vivenciar a rotina da área, fazer laudos, dominar diversos equipamentos endoscópicos, aprender mais sobre aparelho digestivo e as patologias associadas.

Qual a importância de fazer a pós-graduação em Endoscopia Digestiva?

Por si só, a realização de uma boa pós-graduação já é um diferencial relevante no mercado de trabalho da área da saúde. E vem sendo uma alternativa buscada por muitos médicos, nas mais diversas especialidades. É um tipo de curso que está em sintonia com as demandas da sociedade atual, possibilitando a obtenção de conhecimento contínuo e atualizado, com mais liberdade de horários para os alunos.

No caso da endoscopia digestiva, também é uma excelente oportunidade de atualização profissional, em um procedimento de grande valia para os pacientes e a comunidade. Também acaba sendo um diferencial na hora de conseguir os melhores cargos e salários, além do fato de que o curso é perfeito para a criação de novos contatos e aumento do seu networking.

Quais os diferenciais da pós-graduação em Endoscopia Digestiva da Inspirali?

Ao fazer um curso de pós-graduação em Endoscopia Digestiva na Inspirali, você ganha todos os diferenciais acima e muito mais. A formação e o conteúdo programático são conectados com os assuntos mais atuais no ramo e que se encontram na fronteira do conhecimento, preparando os médicos do futuro.

Com duração de 24 meses e 1.920 horas de aula, você receberá ensinamentos práticos e teóricos em Endoscopia Digestiva Alta e Colonoscopia, com treinamentos constantes e excelente material científico. O procedimento é contemplado dos pontos de vista diagnósticos e terapêuticos, com disciplinas estruturadas com caráter multidisciplinar e no atendimento de excelência.

Como você pôde ver, uma pós-graduação em Endoscopia Digestiva pode ser o diferencial que você estava procurando na carreira. Além de o curso, em si, ser excelente para ampliar conhecimentos e aumentar a rede de contatos profissionais, é a oportunidade de aprender um procedimento valioso para a sociedade e com muita demanda, tanto no setor público quanto no privado.

Gostou de aprender mais sobre a pós-graduação em Endoscopia Digestiva e como começar a atuar na área? Tem interesse e que conhecer melhor os diferenciais do curso oferecido pela Inspirali? Então, não perca mais tempo: fale com um de nossos consultores!

Missão RS: Alunos e professores de Medicina de diversos Estados brasileiros levam doações e revezam atendimento em alojamentos da região

28/05/2024

Missão Amazônia da Inspirali é tema do Profissão Repórter

27/05/2024
Scroll to Top