Início

8 melhores técnicas de memorização para estudar

09/08/2022

Precisa aprender mais em pouco tempo e fixar o conteúdo de maneira adequada? Então, conheça algumas das melhores técnicas de memorização!

O estudante de Medicina nunca para de estudar. E se você já está na área há algum tempo, seja na graduação ou atuando como médico, sabe bem disso. O preparo começa no vestibular e não cessa mais.

A razão para isso? A necessidade constante de atualização por parte do profissional médico. Seja em cursos livres ou no caso da realização de uma pós-graduação, o objetivo é o mesmo: aprender cada vez mais.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo cujo objetivo é trazer algumas técnicas de memorização para você poder otimizar o seu aprendizado, reter mais informações e fixar o conteúdo como ninguém. Elas são válidas para pessoas em qualquer momento da carreira em Medicina, desde graduandos e recém-formados aos mais experientes. Vamos lá?

1. Tenha um cronograma de estudos

O primeiro passo para se dar bem na hora de aprender é ter um bom cronograma de estudos para a residência ou para a pós-graduação. Ele também é muito válido para quem ainda está na faculdade e gostaria de otimizar o aprendizado.

O cronograma é uma ferramenta que deve considerar as particularidades do seu dia a dia. Essa técnica ajuda não só na memorização rápida, mas também na criação de um hábito de estudos, algo importantíssimo para esse momento.

2. Ensinar um amigo

Agora, vamos às dicas propriamente ditas. Se você quer melhorar a sua memorização, é muito importante investir na tarefa de dar aulas. Você pode não ser um professor ou professora profissional, mas que tal assumir esse papel ocasionalmente?

Ensinar alguma matéria a outra pessoa é um dos melhores recursos para aprender. Com isso, você não apenas fixa a matéria, mas tem a oportunidade de preencher as lacunas que ficaram durante a leitura ou as aulas, a partir de pesquisas feitas na hora. Essa é uma ferramenta e tanto para lidar com a ansiedade nos estudos.

3. Utilize técnicas diferentes

Outra dica interessante, e que pode funcionar para você, é o uso de estratégias para otimizar os resultados durante o aprendizado. Elas são boas para dar um descanso para o cérebro e, ao mesmo tempo, deixá-lo mais propenso a captar e fixar informações.

Bons exemplos de técnicas famosas são: o fichamento, o uso de mapas mentais, a utilização de flashcards, a aplicação de métodos como o Pomodoro e muito mais. Pesquise sobre cada um deles e faça testes para descobrir quais são os mais adequados para os eu estilo de estudo e, claro, para a rotina que você leva.

4. Fazer resumos e mapas mentais

A arte de resumir o conteúdo é extremamente relevante para o aprendizado dos estudantes de Medicina. Eles podem ser feitos durante as aulas, como anotações, ou depois. Esta, por sua vez, é uma estratégia interessante para relembrar os tópicos vistos em classe.

Isso não só ajuda na fixação, mas também permite que as revisões sejam feitas de maneira bem mais eficiente. Um bom resumo vale ouro! Outro recurso bem interessante é a realização de mapas mentais, que devem ser simples e eficientes. Nada de perder muito tempo na execução.

5. Gravar e escutar a gravação

Outra possibilidade interessante para quem quer boas técnicas de estudo e memorização é gravar e escutar a gravação. Isso pode ser feito tanto a partir da gravação de uma aula presencial, quanto com a criação de um “podcast” feito por você.

Esse processo pode ser tranquilamente feito com o gravador que já vem com o smartphone. Explique a matéria como se a estivesse ensinando para alguém e escute sempre que possível: no trânsito, no transporte, em alguma fila, enquanto faz atividades físicas. Há muitas oportunidades para aprender.

6. Assistir a vídeos e filmes didáticos

Ao longo da vida escolar, assistir a filmes é uma das melhores maneiras de aprender. Inclusive, é uma das técnicas de concentração e memorização fáceis. Ver imagens sobre as histórias que lemos nos livros didáticos estimula o cérebro e permite que façamos conexões mais fidedignas acerca dos temas estudados.

Por que, então, não utilizar esse recurso também ao longo da vida acadêmica e até depois dela? Ainda que não existam muitos filmes sobre o tema Medicina, vídeos didáticos ajudam muito e tiram um pouco a carga de cansaço que trabalhar e estudar trazem para o dia a dia. É mais leve e também muito eficiente para a fixação.

7. Criar associações fáceis

Relacionar uma temática ou algum ponto específico com algo que pertença a outro contexto é uma técnica de memorização mnemônica que funciona muito. Aqui, não há uma regra, o importante é que o conceito faça sentido em sua cabeça e que você consiga sempre se lembrar dele. Bons exemplos são frases que utilizem as iniciais de alguma fórmula ou dar ritmo ao estudo, criando canções.

Outra dica que pode ser útil é contar as associações para alguém que participe do seu grupo de estudos. Assim, esses conceitos voltarão sempre à tona, permitindo que a memorização seja bem mais eficiente.

8. Transformar conceitos abstratos em histórias

Por fim, uma boa técnica de memorização é a que utiliza conceitos abstratos — e, consequentemente, difíceis de serem memorizados — e os converte em histórias. É uma forma de associação, apenas um pouco mais elaborada. Essa estratégia é muito interessante para assuntos mais complexos.

Você pode, por exemplo, trabalhar os conceitos com a ajuda de episódios de uma série, incluindo-os no roteiro de alguma forma ou até os utilizando como forma de relembrar o que aprendeu em aula. Dessa forma, é possível descansar e ainda aprender.

Gostou de conhecer essas técnicas de memorização e aprendizado? Esperamos que sim! Coloque as dicas em prática em seu dia a dia e, assim, você verá como utilizar recursos simples como esses farão toda a diferença em sua fixação de conhecimento na rotina médica.

E já que o assunto é estudar, nada melhor do que falarmos sobre um assunto muito importante: como escolher uma pós-graduação na área da saúde? Descubra algumas dicas bacanas para tomar a decisão certa!

UnP inova e alunos de Medicina realizam aulas de Cuidados Paliativos durante o Internato 

12/04/2024

Integrantes da Missão África participam do podcast Latitude e relatam experiências em Benin

04/04/2024
Scroll to Top