Educação

Como equilibrar estudos e vida pessoal na faculdade de Medicina 

07/06/2024
Compartilhar

Ingressar no curso de Medicina é o sonho de muitos vestibulandos de alto desempenho acadêmico. Após tanto esforço e dedicação para ser aprovado no concorrido vestibular, o estudante se depara com novos desafios: as altas demandas da graduação e a necessidade de equilibrar os estudos com a vida pessoal. 

Segundo pesquisas, cerca de 50% dos estudantes de Medicina no Brasil apresentam algum grau de adoecimento mental, como ansiedade, estresse e depressão. Entre as principais causas estão a extensa carga horária, a pressão por alto desempenho, a competitividade e a dificuldade em conciliar as atividades acadêmicas com momentos de lazer e autocuidado. 

Para lidar com essa realidade e manter a saúde física e mental, é fundamental que o estudante desenvolva estratégias de gestão do tempo e definição de prioridades. Confira algumas dicas: 

Estabeleça uma rotina 

Ter uma rotina organizada é essencial para dar conta dos estudos e ainda sobrar tempo para a vida pessoal. Comece estabelecendo horários fixos para assistir às aulas, fazer leituras, resolver exercícios e para atividades não relacionadas à faculdade, como praticar esportes, estar com amigos e família e investir em hobbies. 

Usar ferramentas de gestão do tempo e aplicativos de produtividade pode ajudar nessa organização. Planeje sua semana, definindo as tarefas prioritárias e destinando momentos estratégicos para realizá-las. 

Saiba dizer não 

Com tantas demandas e possibilidades na faculdade, é normal querer abraçar o mundo. Porém, é preciso entender os próprios limites e aprender a dizer não para atividades e convites que podem sobrecarregar sua agenda. Participe de projetos extracurriculares, mas com moderação. Escolha aqueles que mais te interessam e que estejam alinhados com seus objetivos, sem comprometer seu tempo de estudo e descanso. 

Invista em técnicas de estudo eficientes 

Para otimizar o tempo de estudo, aposte em técnicas comprovadamente eficazes, como: 

  • Estudo ativo: faça resumos, resolva questões e ensine o conteúdo para colegas.
  • Prática distribuída: distribua os estudos ao longo da semana, revisando os assuntos periodicamente.
  • Método pomodoro: intercale 25 minutos de estudo focado com 5 minutos de descanso.
  • Estudo em grupo: explique conceitos complexos para os colegas e tire dúvidas.

Cuide da sua saúde 

Nada adianta passar horas estudando se seu corpo e mente não estiverem saudáveis. Alimente-se bem, durma o suficiente, pratique atividades físicas regularmente e reserve momentos de lazer e relaxamento. 

Caso sinta que está perdendo o controle, não hesite em buscar ajuda. Muitas faculdades oferecem serviços de apoio psicológico aos estudantes. Converse também com amigos, familiares e professores sobre suas dificuldades. 

Ressignifique suas expectativas 

Por fim, lembre-se que a faculdade é um período de muito aprendizado e descobertas, mas você não precisa ser perfeito. O curso de Medicina é desafiador e é normal ter dificuldades, cometer erros e se sentir inseguro em alguns momentos. 

Procure ressignificar suas expectativas, entendendo que seu valor não está atrelado apenas ao desempenho acadêmico. Celebre suas conquistas e encare os desafios como oportunidades de crescimento. 

Equilibrar estudos e vida pessoal não é uma tarefa fácil, mas é possível e necessário. Ao cuidar da sua saúde mental, gerenciar bem o tempo e traçar prioridades, o estudante de Medicina consegue aproveitar essa jornada tão enriquecedora da graduação sem abrir mão de viver momentos importantes ao lado de quem ama. 

Na Inspirali os estudantes podem contar com o Angatu, um programa de saúde mental e bem-estar. Acesse a página e confira:  https://www.inspirali.com/angatu 

Categorias:
Artigos
Artigos
Artigos
Artigos
Artigos

Veja também...

Estude no principal ecossistema de educação médica do país.

Saiba mais sobre a Ânima e suas outras instituições.

Clique aqui para acessar o Canal de Conduta Ânima.

Scroll to Top